Jeová Jireh



Oh, Deus provedor!
Jeová Jireh
O fogo não me queima
Nas águas não vou afundar
Pois estás comigo
Não estou sozinho
Eu estou guardado
No esconderijo
Não estou sozinho
Tu estás comigo
Temer por quê?
Se eu estou guardado por quem nunca perdeu batalhas
Seu nome é Jeová Jireh
Irás prover de novo, eu creio em ti
Haja o que houver
Venha o que vier
Irás prover de novo
Eu creio em ti
Eu não vivo do que vejo
Vivo do que creio
Irás prover de novo
Eu creio em Ti
O fogo não me queima
Nas águas não vou afundar
Pois estais comigo
Não estou sozinho
Eu estou guardado
No esconderijo
Não estou sozinho
Tu estás comigo
Temer por quê?
Se eu estou guardado por quem nunca perdeu batalhas
Seu nome é Jeová Jireh
Irás prover de novo, eu creio em ti
Haja o que houver (é)
Venha o que vier
Irás prover de novo
Eu creio em ti
Eu não vivo do que vejo
Mas eu vivo do que creio
Irás prover de novo (sim, senhor)
Eu creio em ti, iê
A tempestade e o vento forte
Não vão roubar a minha fé em ti, meu Deus
A tempestade e o vento forte
Não vão roubar a minha fé
Não, não, não, não vão roubar a minha fé
A tempestade e o vento forte
Não vão roubar a minha fé em ti, meu Deus
(A tempestade) oh a tempestade não vai
(E o vento forte) o vento forte
Não vão roubar a minha fé em ti, meu Deus
Em ti, meu Deus
Em ti, meu Deus
Temer por quê?
Se eu estou guardado por quem nunca perdeu batalhas
Seu nome é Jeová Jireh
Irás prover de novo, sim, sim (eu creio em ti)
Haja o que houver
Venha o que vier
Irás prover de novo
Eu creio, eu creio (eu creio em ti)
Eu não vivo do que vejo
Vivo do que creio
Irás prover de novo, eu creio em ti
Eu creio em Ti
Irás prover de novo
Sim, eu sei, sim, eu sei
Sim, eu sei
Sim, eu sei
Sim, eu sei

Comentários