Nós Dois Depois (Dilsinho)



Eu tô voando com os pés no chão
Buscando um caminho que seja só meu
Tentando entender qual é minha missão
Eu não escolhi, ela que me escolheu

Foi na letra daquela canção
Que eu sempre cantava
Lembro cada palavra
Ninguém me define, minha casa sou eu

Ontem, o vinho aberto sobre a mesa
No teu beijo, um gosto de incerteza
Impossível entender nós dois

Hoje, vejo que já passamos da hora
Presente virou passado, e agora?
Vou deixando a gente pra depois

Primeiro eu, eu
Nós dois depois, pois
Você já me entendeu
Não vou esperar por alguém que já foi

Primeiro eu, eu
Nós dois depois, pois
Você já me entendeu
Não vou esperar por alguém que já foi

Lembro cada palavra
Daquela canção que cantava
Péssimo negócio, coração

Cê ainda é meu bebê, né?
Espalhou Valentine no meu cobertor
Difícil esquecer, né?
E fingir que o amor acabou

Eu chego em casa
Olho pra cama, mas você nunca tá lá
Uma batalha, não curto foto
Tô tendo que me virar

Espero que seja feliz
Porque eu tenho mais certeza
Se depois de nós eu vou saber gostar de alguém
De novo assim

E hoje o que sobrou pra mim?
Falta, culpa e carência
Pesando na minha consciência
Daquele beijo frio e abraço que esquentei

Ontem, o vinho aberto sobre a mesa
No teu beijo, um gosto de incerteza
Impossível entender nós dois (impossível entender nós dois)

Hoje, vejo que já passamos da hora
Presente virou passado, e agora?
(Vou deixando a gente pra depois) vou deixando a gente pra depois

Primeiro eu, eu
Nós dois depois, pois
Você já me entendeu
Não vou esperar por alguém que já foi

Primeiro eu, eu
Nós dois depois, pois
Você já me entendeu
Não vou esperar por alguém que já foi

Primeiro eu, eu
Nós dois depois, pois
Você já me entendeu
Não sou de esperar por alguém que já foi

Primeiro eu, eu
Nós dois depois, pois
Você já me entendeu

Comentários