Pique Empresário (Mc IG e MC GP)



DJ Victor

Pique empresário, oh
Contando pataco, oh
E a morena, gata da norte, colou do outro lado
Hoje eu vou te botar no top, mas não desbarato

Sapo que picota sapo, oh
Coro de lagarto, oh
Só serve pra sapato daqueles que eu não posso
Serve pra sapato daqueles que eu não posso

Que o Hari canta mais do que o Zeca Pagodinho
Se me tromba no giro nós ‘tá pique Ronaldinho
Co’as puta do Castelo dou máfia no estilo gringo
Que adora os bigode então ‘cê senta p’a bandido
Vem com o verdin’ na onda ela gosta do da maça
Letícia e a Patrícia, Giovana taca a pampam
Que senta pro perigo no pilar até de manhã
Que adora menage, chama best de irmã
Masseta concentrado no pelo essas vagabunda
Que transa desde cedo, enche o peito e bota a bunda
Que posta que é modelo no espelho mostrando as curva
Mas transa por dinheiro p’os veinho da minha turma

Um pack de dry ice e umas graminha de chá
Contei quase oitenta essa semana com o Fafá
Se for por porcentagem eu já parava de cantar
Nós tem tanto dinheiro que nem pode imaginar

Une dune tê, salame minguê
E a escolhida dessa vez pra levar pica não é você
Diz que eu vou ver, que ia me bater
‘To tirando no pior com a amiga dela pra foder
E eu mesmo já falei pr’os caras
Que eu sou um dos caras
Que conhece o cara, que cola com os caras
Mas não sou o cara
Mas não sou o cara

O cara ‘tá lotado de mulher
Virou dono do cabaré
E vive de outras caminhada
De outras caminhada
De outras caminhada

Minha cota é convocar os maloca pr’o pião
Alô Ryan, Tuto, ‘tá ligado, vilão
Niguém ‘tá puro então dá um salve no negão
Que o Gê já ‘tá colando, eu ‘to com o Victor pra missão

Pique empresário, oh
Contando pataco, oh
E a morena, gata da norte, colou do outro lado
Hoje eu vou te botar no top, mas não desbarato

Sapo que picota sapo, oh
Coro de lagarto, oh
Nós serve pra sapato daqueles que eu não posso
Serve pra sapato daqueles que eu não posso

Pergunta lá pra tal da Pinks, se ela não já ‘tá no pique
Chama pro rolê do crime pra se envolver
Dedo do meio pra invejoso, bota a marcha nos trambolho
No balanço das andança não posso parar
Risca asfalto da zona leste, acompanhante da OS
Se maquia como der no litro esportivo
Siliconada panicat pr’os maloca ela se perde
Visualiza a passada, hoje eu ‘to bonito

Invejo cansando nós, meio que nós ‘tá na frente
Segura é revolução dos que faz diferente
Puta quer aproximação mas vai ganhar só pente
E se caso ligar depois, sabe, eu não atendo
Aqui nós chegar nós pá
Abro o coração na chuva
Se vier contra nós, embaça
O invejoso nós derruba

Oh, boy
Nem lá no metaverso ‘cê vai parecer com nós
O bom desenrolado, a cara do enquadro
Fumando ice black
Traz a minha Porsche hatch
‘To com a minha Juliet, de lente rubi

Tigre guerreiro é drake
Festa da celebridade
Coisa que a Globo não mostra e nem vê por aí
Vivendo intensamente
Uns de live, 4KM, minha coroa toda gata
Só de Louis V.
Desisti de desistir
Na fama ou na lama nós nasceu pra progredir
A Lacostinha deixa o preto chique, caro pra se divertir
E o que vem por aí

Não é novidade mais

Certeza não volto pra minha house
Mas certeza, não volto pra minha house

Não é novidade mais
Certeza não volto pra minha house
Mas certeza, não volto pra minha house

Na curva do S, nós faz um resgate
Sentido Caribe, festinha com as paty
Cavala invocada, morava em Milão
Vive na madrugada contando cifrão
Revoa com a tropa que te dá presente
Tira foto com a cobra dentro da BM
Ela brisa na picota do bandido inteligente
Que vive de folga tacando nas moça quente
Pique empresário
Nego importante, muita marra na passada
Louis V. toma um pisando
Rico muito novo, com uma baby ignorante
Uma cintura fina, uma bunda gigante

Vou saindo fora, não devo, não temo
Pego cinco puta e pago nas nota
Ela se empolga
No teto da nervosa

Gosta do cavalo e não é só faixa rosa
Fala pr’as amiga que eu fiz grande proposta
Por isso joga
A porra da xota

Pique empresário, oh
Contando pataco, oh
E a morena, gata da norte, colou do outro lado
Hoje eu vou te botar no top, mas não desbarato

Sapo que picota sapo, oh
Coro de lagarto, oh
Nós serve pra sapato daqueles que eu não posso
Serve pra sapato daqueles que eu não posso

DJ Victor

Comentários